A Fleetmatics Expande a Presença no Sul da Europa com a Aquisição da Inosat

A Empresa Aumenta o Seu Alcance Global e Prossegue a Sua Expansão Europeia

 

DUBLIN e BOSTON – 7 Setembro 2016 – O Fleetmatics Group PLC (Bolsa de Valores de Nova Iorque [NYSE]: FLTX), líder global no fornecimento de soluções de gestão de equipas móveis, para empresas de serviços de todas as dimensões, baseadas no modelo SaaS (software-as-a-Service), anunciou hoje a aquisição da Inosat – Consultoria Informática, S.A., empresa de SaaS fornecedora de soluções de gestão de frotas em Portugal. Com o seu principal escritório em Lisboa, a Inosat vai acrescentar cerca de 50 000 veículos com contrato de serviço ativo à base instalada da Fleetmatics. Os termos da transação, concluída em 1 de setembro de 2016, não foram divulgados.

“A Fleetmatics beneficiará enormemente da liderança de mercado da Inosat em Portugal, onde esta empresa construiu uma marca líder e uma base de clientes sólida”, afirmou Jim Travers, CEO e Chairman da Fleetmatics. “Com a aquisição da Inosat, a Fleetmatics fica igualmente bem posicionada para se expandir em regiões adjacentes, como Espanha, e novas localizações na América do Sul, onde a Inosat tem já uma presença emergente.”

A Península Ibérica representa o segundo maior mercado para soluções de gestão de frotas na Europa Ocidental, totalizando mais de 6 milhões de veículos comerciais, segundo dados da Berg Insight , firma líder de mercado na análise do setor. Adicionalmente, o mercado de soluções de gestão de frotas está muito menos desenvolvido nesta região do que noutros grandes mercados europeus, o que proporciona amplas oportunidades de crescimento.

Todos os funcionários da Inosat passaram para a equipa da Fleetmatics e continuarão a ter a seu cargo as vendas e a assistência da atual solução de gestão de frotas da Inosat, o Inofrota, bem como a solução REVEAL™ da Fleetmatics. Ambos os produtos oferecem soluções de excelência em matéria de localização de veículos e Business Intelligence, projetadas para ajudar a promover a poupança e a produtividade de qualquer equipa móvel.

“A combinação do nosso sucesso em Portugal com a dimensão global da Fleetmatics é algo muito poderoso”, afirmam Jorge Carrilho e Tiago Borges, cofundadores da Inosat, que permanecerão em posições de liderança na Fleetmatics em Portugal. “Partilhamos a mesma visão sobre a forma de melhor servirmos os nossos clientes, e juntos planeamos fornecer soluções inigualáveis em termos de economia de tempo e de custos para gestão de equipas móveis.”

O Fleetmatics Group PLC:

O Fleetmatics Group PLC (Bolsa de Valores de Nova Iorque [NYSE]: FLTX) é uma companhia líder a nível global no fornecimento de soluções de gestão de equipas móveis para empresas de serviços de todas as dimensões, baseadas no modelo SaaS. As nossas soluções permitem às empresas enfrentarem os desafios associados à gestão de frotas locais, bem como melhorarem a produtividade das suas equipas móveis, através da obtenção de informações úteis para o negócio com base em dados comportamentais, históricos e em tempo real, sobre condutores e veículos. As soluções da Fleetmatics, intuitivas e financeiramente vantajosas, proporcionam aos gestores de frota uma panorâmica sobre a localização do veículo, a respetiva utilização de combustível, velocidade e quilometragem, assim como outros dados pertinentes sobre as equipas móveis, permitindo reduzir os custos operacionais e de capital, assim como aumentar as receitas. Um produto integrado e completo de gestão de equipas móveis proporciona vantagens adicionais em matéria de gestão do trabalho, através do apoio ao funcionário no terreno e da aceleração do processo de conclusão do trabalho – desde o orçamento até ao pagamento. A 30 de Junho de 2016, a Fleetmatics prestava o seu serviço a cerca de 38 000 clientes, com aproximadamente 757 000 veículos com contrato de serviço ativo em todo o mundo. Para detalhes adicionais sobre a Fleetmatics, por favor visite: www.Fleetmatics.com.

Declarações Prospetivas

Este comunicado de imprensa contém “declarações prospetivas”, no quadro do significado que lhes é atribuído pelo “Private Securities Litigation Reform Act” (Lei de Reforma de Litígios de Títulos Privados dos Estados Unidos) de 1995, incluindo declarações sobre a expansão da nossa posição de liderança, a ampliação da nossa presença a nível internacional e a nossa capacidade de continuarmos a desenvolver produtos que promovem a redução de custos. Estas declarações prospetivas incluem, embora não se limitem a: planos, objetivos, expectativas e intenções e outras declarações contidas neste comunicado de imprensa que não constituem factos históricos e afirmações identificadas por verbos como “esperar”, “antecipar”, “pretender”, “planear”, “acreditar”, “posicionar”,” procurar”, “estimar” ou palavras de idêntico significado. Estas declarações prospetivas refletem as nossas visões atuais sobre os nossos planos, intenções, expectativas, estratégias e perspetivas, que se baseiam nas informações de que atualmente dispomos e em pressupostos que assumimos. Apesar de acreditarmos que os nossos planos, intenções, expectativas, estratégias e perspetivas, refletidos ou sugeridos pelas referidas declarações prospetivas, são razoáveis, não podemos dar nenhuma garantia de que tais planos, intenções, expectativas ou estratégias serão alcançados ou concretizados. Adicionalmente, os resultados reais podem diferir materialmente dos resultados descritos nas declarações prospetivas e estarão sujeitos à influência de uma variedade de riscos e fatores para lá do nosso controlo, incluindo, sem limitação, os riscos associados à nossa capacidade de completar com sucesso a nossa transação com a Verizon; a nossa capacidade de atrair e manter clientes de modo eficaz e eficiente, e de lhes vender os nossos produtos de modo eficaz e eficiente; a nossa capacidade de continuar a competir num mercado altamente fragmentado e o risco de futuros concorrentes por meio de aquisições recentes e futuras ou de qualquer outro fator; a nossa capacidade de manter e aumentar as vendas aos clientes já existentes; a nossa capacidade de atrair novos clientes de forma rentável; a nossa dependência de clientes empresariais e da renovação, por parte destes, dos seus contratos connosco; a nossa dependência de vários programas de prospeção de clientes (“lead generation”); a nossa capacidade de levar a bom termo e de integrar aquisições de forma bem-sucedida; as expectativas em relação à adoção generalizada de soluções de gestão de frotas; a nossa capacidade de expandir as vendas dos nossos produtos em novas áreas geográficas, usando o nosso modelo atual de vendas e prospeção de novos clientes (“lead generation”); o efeito das flutuações nas taxas de câmbio de moedas estrangeiras; a nossa capacidade de integrar e vender os nossos produtos através de canais de vendas indiretas; a nossa capacidade de manter elevados níveis de desempenho no que concerne à nossa oferta de software; a nossa capacidade de acompanharmos a rápida transformação tecnológica necessária para nos mantermos competitivos no nosso setor; a nossa capacidade de migrar os clientes para novas tecnologias; o impacto de condições económicas adversas sobre os gastos dos nossos clientes-alvo com com TI; e a boa cobrança das nossas contas a receber e outros riscos mencionados sob a rubrica “Fatores de Risco” no Relatório Anual da Companhia, apresentado através do formulário 10-Q, para o ano que terminou a 31 de dezembro de 2015, atualizado pelos nossos Relatórios Trimestrais posteriormente apresentados através do Formulário 10-Q e outros documentos da Fleetmatics enviados à, e arquivados na, Securities and Exchange Commission (SEC) ou na “Proxy Satement”, modelo “Schedule 14A”, que será enviada à SEC pela Fleetmatics no âmbito da aquisição da Fleetmatics pela Verizon. A Fleetmatics não assume qualquer obrigação de atualizar quaisquer declarações prospetivas contidas neste documento em resultado de novas informações, acontecimentos futuros ou quaisquer outros fatores.

Relações Públicas:
Juli Burda
Diretora de Relações Públicas
+1 847.378.4398
[email protected]

Relações com Investidores:
Brian Norris
Vice-Presidente de Relações com Investidores
+1 781.250.3829
[email protected]


1 Fonte: Berg Insight, “Fleet Management in Europe, Eleventh Edition” (2016)

Privacy Preference Center

Estritamente Necessário

Cookies necessários para o correcto funcionamento do site.

__cfduid

Close your account?

Your account will be closed and all data will be permanently deleted and cannot be recovered. Are you sure?

Tiago-Borges-Diretor-Geral-Da-Inosat-Global-Participou-na-Telematics-Conference-SE-EuropeNenhuma tecnologia irá "salvar" o gestor de tomar decisões. Será ele a selecionar o modo como pretende reverter os problemas de produtividade e as falhas identificadas nas práticas de condução dos motoristas.